A Tratore por aí:

As Próximas Horas Serão Muito Boas

Palavras-chave Rock.


As Próximas Horas Serão Muito Boas, segundo disco dos gaúchos da Cachorro Grande, mostra um rock de verdade, sem melancia no rabo e está lotado de possíveis hits: Que Loucura!, Hey, Amigo, Tudo Por Você, Sem Problemas, O Truque Do Ovo, Você Não Sabe Nada... Quase todas remetem a alguma formação clássica do rock ou apresentam riffs familiares. A capa e o encarte também não poderiam ser mais vintage ou mod. Com esse disco com certeza as próximas horas serão muito boas.



Faixas (14)

1.
As coisas que quero lhe falar

Autor:
Editora:


2.
hey, amigo

Autor:
Editora:


3.
Você pode até pegar

Autor:
Editora:


4.
Tudo por você

Autor:
Editora:


5.
Olhar pra frente

Autor:
Editora:


6.
Agoniada

Autor:
Editora:


7.
Me perdi

Autor:
Editora:


8.
As próximas horas serão muito boas

Autor:
Editora:


9.
Você não sabe nada

Autor:
Editora:


10.
Enquanto o trem que espero não vem

Autor:
Editora:


11.
Sem problemas

Autor:
Editora:


12.
Que loucura!

Autor:
Editora:


13.
O truque do ovo

Autor:
Editora:


14.
Insatisfeito

Autor:
Editora:



Produtos relacionados
(0/0)


   

Resenhas
Positivas (17)
WROK GAÚCHO, TCHÊ!

Impressiona pelo modo como foi gravado. Som "sujo", mas não ruim. WROK GAÚCHO, TCHÊ! Precisa falar mais?!

por Lívia Emy Fukuda em 11/10/2004
Bolinha branca na gaveta de roupas.. como chama isso?

Uma boa música de trabalho (Que Loucura) pode garantir um bom espaço para a já consagrada sensação vinda do Rio Grande do Sul. No entanto, a produção Lo-fi pode dividir seriamente as opiniões quanto a este segundo lançamento do grupo. Ouvi o disco algumas vezes e só consigo reconhecer que a canção "Que Loucura" é um grande achado dentro do universo mofado do rock gaúcho.

por Rodrigo Lemos em 23/10/2004
Cachorro Grande - As Próximas Horas Serão Muito Boas - (independente)

A banda gaúcha Cachorro Grande é formada por aquele espírito que move o Rock, a loucura. Nesse segundo CD "As próximas horas serão muito boas" muita musica de garagem em clima sessentista maravilhosamente executada na base da demência do estilo, se você inda não escutou bom sujeito não é porque, Beto Bruno (vocal), Marcelo Gross (guitarra), Jerônimo Bocudo (baixo), Gabriel Azambuja (bateria) e Pedro Pelotas (piano) nos apresentam desde já um dos discos mais coeso e bacana de 2004, instrumental tosca, incríveis riffs de guitarra, vocais ensandecidos e uma cozinha perfeita composta por batidas secas, muito groove do baixo e um piano chiquerrimo! A produção do CD deveria servir de cartilha pra muita banda que vem se arriscando nesse território do rock and roll porque tanto a gravação quanto à mixagem são um caso a parte nunca o "vintage" soou tão modernoso! O cartão de visitas desse álbum é "As coisas que eu quero lhe falar", em seguida "Hey , Amigo!" que possui um refrão gritado a pleno

por Luciano Branco em 29/10/2004
rock do cao

cara,banda brazuca com pedigree interplanetario.oprimeiro ja era foda,e o show continua com esse as proximas horas... as musicas vao direto ao ponto sem que isso signifique mediocridade.rock ´n´roll legitimo pra quem gosta de um legitimo rock´n´roll.

por fernando rombaldi beserra em 21/07/2005
Cachorro Grande

Quem ouviu o primeiro disco da Cachorro sabe que foi um discaço, quem ouviu músicas como Sexperienced, Sintonizado, Lunático e as outras faixas sabe que aquele disco poderia ser muito bem um disco da Cascaveletes, Jupiter maçã, Jovem Guarda. A primeira impressão das "próximas..." não é tão conquistadora quanto do primeiro álbum. Mas depois de algumas horas você consegue perceber que essas horas perdidas lhe renderão muitas outras horas boas.

por Emanuel ESS em 31/08/2005
VAI LEVAR O VMB...

Cachorro grande,Vai ganhar o vmb, eles estão muito bem na MTV... JÁ foi melhor,mas esse cd As próximas horas serão muito boas é bom... MAS O OTRO ERA MELHOR...

por NEY em 03/09/2005
Cachorrada

Esse disco tem boas e más coisas. Primeira constatação é que o Cachorro Grande é pesado e sabe mostrar isso bem ao vivo, mas perde um pouco no disco; esse é mais tosco do que o primeiro e mais direto, mas um pouco de produção não faz mal a ninguém. Segundo: as letras são ruins, meio sem sentido mesmo e isso é um saco na maioria das vezes. Esse disco é legal pela pegada das músicas, mas já mostra uma certa queda nas composições e essa perda de sentido maior nas letras em relação ao disco anterior ("Truque do ovo" chega a dar ódio). Mas ainda é um bom disco de rock como poucas bandas fariam hoje, muito direto e mais tosco. Em comparação com o último disco ("Pista livre"), esse é um clássico.

por Luiz Velhinho em 06/09/2005

Honestamente, para mim, "As próximas horas serão muito boas" é o melhor cd do Cachorro Grande! Aquele rock n` roll básico, juntando as influências Stones, Who, Beatles, Cream, aqui abordadas por um contorno mais garageiro, com levadas interessantes como em "Voce não sabe nada" que lembra The Jam, e "Agoniada" com uma verdadeira farra forjada por solos ensandecidos de guitarra por mais de 2 minutos no final. Tem ainda o rock psicodélico de "Voce pode até pegar", os hard rocks, em que Beto Bruno deixa seu vocal mais calmo (que lembra o Ozzy) para se esguelar feito um louco (Hey Amigo", "Tudo pra voce", "As próximas horas...". Enfim, sem depreciar os outros dois discos, o melhor da cachorrada até agora.

por Edinaldo Pacheco em 06/09/2005
Cachorro grande

As próximas horas serão muito boas de Cachorro grande é um trabalho fraco,o otro era melhor... mas msmo assim acho que é bom. esses gaúchos da Cachorro Grande, toca um rock muito raiz .

por BYANCA OTA. em 07/09/2005
Rock n Roll na Veia

Bem básico, o rockão desse cd faz qualquer amante da boa música pular de alegria quando o discquinho comaça a tocar na vitrola. Músicas com um alto teor de sarcasmo e sugeira guitarrística mostram o grande potencial dessa galera que vem do sul, onde pipocam ótimas bandas de rock. Para fans de um som direto, quase punk!

por Thiago da Silva Corrêa em 13/09/2005
ROCK DO SUL

Tá aí esse grande surpresa nacional, excelente banda, confesso que conhecia apenas im hit dessa fabulosa banda, que bebe na fonte de the vines, the hives um pouco the strokes, muito show de bola. Me supreendi mesmo!!! virei fã de carteirinha dessa banda e já curti duas vezes ao vivo e recomendo!!! Letras bacanas e som mais do que afiado, tá aí uma boa pedida, aliás quantas surpresas o sul tem nos revelado, desde wander wildner/Replicantes até Krisiun para os mais radicais. hey quero ser seu amigo de novo!!!

por márcio de lima camargo em 14/09/2005
rock

às vezes eu pego um desses discos dos stones, básicos, de rock and roll e coloco pra ouvir sem pensar muito, sem ficar analizando, só pra sentir o som... o cachorro grande é mais ou menos por aí... rock pra se ouvir e curtir...

por Taw em 14/09/2005

Você já ouviu "Que loucura!" ? Se não ouviu, deveria, o som eh mto bom. Na minha opinião, a melhor música do Cd, um rock portoalegrensse de bom gosto e influencias clássicas como o dos Beatles. Muito phoda. Ouça...

por Daniel Lima em 15/09/2005
Energia que contagia

O álbum embora não seja tão bom quanto o anterior_ " Cachorro Grande"_ consegue manter aquela aura juvenil de pura energia, até mesmo quando um insólito palavrão surge ao final de "Sem problemas". Ou seja, quem for escutar este cd não vai encontrar letras esmeradamente bem cuidadas ou melodias doces, mas por outro lado vai sentir toda vibração sem frescura dessa banda gaúcha que faz rock ao estilo inglês clássico, como se fosse uma soma de Beatles com Rolling stones. A felicidade que percorre as fotos progressivas do encarte são uma amostra do que há em seu interior.

por Frederico Saqs em 15/09/2005
rock legal...

Gostei do som!!!!rock de verdade.

por eduardo em 23/06/2006
rsrs

Claro que mereceu estar entre os 20 da tratore, uma vez q se mostrou bem durante a ascenção na midia e se manteve stereo no sentido musical. Rock as velhas, é de causar aqueles espasmos acompanhados de sorrisos ilario durante shows. Pena não te-lo em casa, mas sera questão de tempo (quando não dinheiro). DO CARALHO!!! Valeu

por reinaldo rodrigo novo em 16/08/2005
QUE VENHAM NOVAS HORAS

A Cachorro Grande conseguiu dar um frescor ao rock gaúcho e nacional mesmo estando com um olho no retrovisor já que a banda tem um pé,eu diria, nos anos 60.Com letras maduras,som idem,o hit Que Loucura faz jus ao nome e Truque do ovo é rock pra ninguem botar defeito ok?

por Lennon Marques dos Santos em 25/08/2005
Negativas (2)

Deus do céu, quando é que Porto Alegre vai superar os anos 60? Tanta coisa interessante foi feita de lá pra cá, mas a maioria das bandas da cidade insiste em soar como participantes de um concurso de sósias dos Rolling Stones. Haja saco.

por marcelo firpo em 22/10/2004
??!!!

O sul tem muita coisa boa...de Radamés Gnatalli a Yamandú, Jorginho do Trompete e até umas bandas mais pops...agora sinceramente não sei o que faz esse som rodar tanto por aí...gosto é gosto...e viva a diversidade!!!! Abraço aos Tratorados!!!

por Luiz Gustavo Brinholi Peigo em 07/09/2005

Escreva uma resenha






Você gostou do disco?



Resenha (opcional)




Ficha técnica
Artistas principais
Ano
2004
Lançamento
03/09/2004
Gênero
Rock
Código do catálogo
LC 0002/04
Código do produto
7898907657013
Selo
L & C Editora
Formato
Album/CD
Perfil do artista
Agenda