A Tratore por aí:

Perto

Palavras-chave MPB.


Neste novo trabalho, a cantora e compositora Olivia, nos apresenta melodias marcantes e belas. Intérprete das próprias composições, a artista demonstra talento e versatilidade assinando também os arranjos e toda a produção musical do álbum. Um trabalho inovador que leva o ouvinte a uma sucessão de climas envolventes, onde coexistem momentos sutis e mensagens de grande impacto emocional.
Com sua música Olivia nos faz percorrer caminhos aonde o eletrônico e o acústico se atraem e diferentes tendências se unem para nos mostrar que sua música pode ser um retrato contemporâneo sem perder sua sensi



Faixas (15)

1.
O Claro dos Relâmpagos

Editora: Tratore


2.
Conchas do Mar

Editora: Tratore


3.
Perto

Editora: Tratore


4.
Interior

Editora: Tratore


5.
A Luz É Leve

Editora: Tratore


6.
Neblina

Editora: Tratore


7.
Olhos Nos Olhos

Editora: Tratore


8.
Pra Poder Me Guiar

Editora: Tratore


9.
Nas Asas da Música

Editora: Tratore


10.
Lamento

Editora: Tratore


11.
A Inveja

Editora: Tratore


12.
Quando Lembro

Editora: Tratore


13.
Trip

Editora: Tratore


14.
Não Há Ninguém

Editora: Tratore


15.
Um Minuto ou Dez Anos

Editora: Tratore



Produtos relacionados
(0/0)


   

Resenhas
Positivas (7)
Perto, de Olivia

Ainda tem gente que acha música eletrônica fria. Talvez muitas produções eletrônicas o sejam, mas não é o caso desse CD. Em seu segundo trabalho a cantora e compositora Olivia mostra mistura, harmonia, música eletrônica, voz, letra, emoção. E ja que é de emoção que vive a música preste atenção em "Conhchas do mar", a segunda faixa. Temas orientais também se mostram presentes em "Quando penso", com violões de Luís Bueno e "Um minuto ou dez anos". A influência brasileira também é viva em "Não há ninguém", com guitarras falantes de Mário Manga. Há muito o que ouvir nessa viagem de 15 faixas pelo universo musical de Olivia.

por Paulo Preto em 19/10/2004
Luz na Música

Quando tudo parecia obscuro na música brasileira, conheci o trabalho da Olivia que veio como um rasgo de claridade, um furo de esperança, o claro relâmpago iluminando as trevas e o marasmo sem criatividade do cenário pop brasileiro. Como ela mesma canta em O Claro dos Relâmpagos, a musicalidade de Olivia é mais que isso. É um rompante de criativade que viaja por letras não convencionais, misturando recursos eletrônicos em poesia bem elaborada que toca profundo nos sentidos. É possível sentir o cheiro bom de roupa nova, bem feita! Incomparável em sua sensibilidade e criatividade, este CD passa de leve perto das bandas londrinas, Portishead, Morcheeba, mas com brilho do sol brasileiro! Um presente para os ouvidos, para o tato (sua música é solida), olfato e a visão. Para quem aprendeu usar outos sentidos, poderá ir além. O CD Perto transcende à alma e à sensibilidade. à Liberdade! Aprendemos a voar nas Asas da Música, ser livre é uma dádiva! Dádiva, é ouvir OLivia!

por José Roberto Sabino em 20/10/2004
Perto ou Preto?

Depois de um cd pela Trama, a cantora e compositora Olívia volta agora distribuída pela Tratore. O disco é produzido por Paulo Preto, que divide a maioria das faixas com a artista. Sem dúvida, é um trabalho bem produzido, com músicos de qualidade, etc, etc, mas a temática das letras me parece um pouco repetitiva. A voz de Olívia é segura e bem colocada, sem excessos. A autora poderia ter sido mais abrangente, contudo, no universo dos temas.

por João Batista Rodrigues em 21/10/2004
Talento consolidado

O CD “Perto” foi produzido inteiramente por Olivia e não por Paulo Preto que colabora com as letras de dez das quinze faixas. Dito isso, se faz necessário dizer também que é neste trabalho que Olivia mostra-se melhor cantora do que no disco de estréia. Por produzir “Perto” à maneira dela, teve a oportunidade de colocar sua voz num plano ideal de mixagem. Trabalho com áudio e posso dizer que, ao contrário do que ocorreu em seu CD lançado pela Trama, onde sua doce voz ficava sufocada numa mixagem não muito feliz, que priorizava grooves, batidas e os belos timbres dos instrumentos, em “Perto” a voz surge suave mas com presença. Nas participações de Mário Manga e Luís Bueno (Duofel) por exemplo, a voz da cantora mostra que é possível dar lugar de destaque aos instrumentos sem perder o próprio espaço. Coisas que dentro de uma gravadora, onde conceitos mercadológicos por vezes superam o conceito artístico, isso nem sempre é possível. Olivia é um bom exemp

por Tiago Martineli em 22/10/2004
mais de perto

Como seus olhos na brincadeira da capa, a voz de Olivia está mais clara e com o espaço que merece, surgindo em meio a participações tão especiais. Congelada na mente como numa cena de filme é emocionante lembrar daquela letra de "Perto" (faixa 3) escrita num pedaço de papel de caderno e que representou tanta coisa, tantas mudanças e aberturas para um caminho profissional muito bonito e independente que começou com este cd.

por Maria Alice Gonzales em 22/10/2004
Bonita

Comprei o cd procurando algo mais eletrônico, mas o que achei foi música brasileira, bem acabada, bem arrajada, climática e bonita. A eletrônica comparece com alguns barulhinhos e efeitos de fundo dando um clima moderno, mas sem perder a "pegada". Gostei.

por Taw em 27/10/2004

No melhor estilho "feito em casa", Olivia partiu para a estrada indeendete nesse disco. Composições próprias, arranjos e conceitos dela ao lado do parceiro Paulo Preto. Ótima expressao da artista. Depois de um grande disco de estréia pela Trana, Olivia se mostrou mais nesse segundo trabalho.

por Beto Feitosa em 04/08/2005
Negativas (0)

Escreva uma resenha






Você gostou do disco?



Resenha (opcional)




Ficha técnica
Artistas principais
Ano
2003
Lançamento
29/08/2003
Gênero
Código do catálogo
Liv02e2a001
Código do produto
7898369060697
Selo
Elefante D
Formato
Album/CD
Perfil do artista
Olivia Genesi
Origem
São Paulo, SP
Site
http://www.oliviagenesi.com.br

Agenda