A Tratore por aí:

revirando o sótão

Palavras-chave Pop-Rock.


Na sala da criatividade, música e poesia sentadas nas mesmas poltronas. Espalhadas pelo chão, as notas e os acordes de sons inventivos. Como tapete de tão incomum recinto, a policromia de ritmos universais. Como quadros nas paredes de ar, imagens do original. Esse é o caótico e harmônico ambiente habitado pelos integrantes da banda A Euterpia. Alquimistas que misturam o moderno, o suave e o inquietante em doses inesperadas, os músicos convidam o público para um especial jantar a ser servido pontualmente às melhores horas de qualquer tempo.



Faixas (14)

1.
Veneza

Autor: A Euterpia
Editora: Direto-


2.
Tô que tô (todo preto)

Autor: A Euterpia
Editora: Direto-


3.
Brechot do brega

Autor: A Euterpia
Editora: Direto-


4.
Dia de alcatrão

Autor: A Euterpia
Editora: Direto-


5.
Dentro da caixa

Autor: A Euterpia
Editora: Direto-


6.
Gramática

Autor: A Euterpia
Editora: Direto-


7.
O purgo

Autor: A Euterpia
Editora: Direto-


8.
Revirando o sótão

Autor: A Euterpia
Editora: Direto-


9.
Cinemática

Autor: A Euterpia
Editora: Direto-


10.
Sono de milus

Autor: A Euterpia
Editora: Direto-


11.
Apague apreço

Autor: A Euterpia
Editora: Direto-


12.
Atrás de um riso estridente...

Autor: A Euterpia
Editora: Direto-


13.
Suma de ti

Autor: A Euterpia
Editora: Direto-


14.
Lusco-fusco

Autor: A Euterpia
Editora: Direto-



Produtos relacionados
(0/0)


   

Resenhas
Positivas (1)
O SÓTÃO JAMAIS SERÁ O MESMO

O SÓTÃO JAMAIS SERÁ O MESMO (Por Marcelo Damazo) Revirando o Sótão, primeiro disco da banda paraense A Euterpia, revela uma banda madura que capricha do visual à canção Capricho. Essa fixação que transita entre a trágica e a virtude é o que pode definir o esperado debut da banda Euterpia. Revirando o Sótão é uma obra de arte desde o encarte (um dos mais belos que já surgiu em Belém) às ordens das músicas e arranjos. Depois de sete anos de espera, desde sua formação doidona, com espírito totalmente juvenil, A Euterpia já demonstrava um talento absurdo em composições ricas em poesia (nas músicas elas soam legal), experimentalismo e nenhum rabo preso com uma tendência ou influência decisiva. A dupla Antônio Novaes e Márcio "Pato" são remanescentes dessa origem e permanecem em seus instrumentos até hoje: Pato no baixo e Antônio na guitarra, violão e voz. Antônio Novaes, no entanto, concentra em sua autoria as canções que fizeram a banda ser como ela é hoje em dia, cultuada por uma leg

por Antonio Novaes em 14/02/2007
Negativas (0)

Escreva uma resenha






Você gostou do disco?



Resenha (opcional)




Ficha técnica
Artistas principais
Ano
2007
Lançamento
30/01/2007
Gênero
Código do catálogo
NAFG0012
Código do produto
7898141630858
Selo
Na Music
Formato
Album/CD
Perfil do artista
Agenda