A Tratore por aí:

Destaques

Eduardo Gudin, Valsas, choros e canções
Independente

Valsas, choros e canções é o 18o álbum de Eduardo Gudin e o único que não traz sambas no repertório autoral. São 13 faixas entre choros, valsas e canções, evidenciando uma faceta do compositor (geralmente associado ao samba) talvez menos conhecida, ainda que presente desde seu 1o disco, em 1973. Conceitual como grande parte de sua discografia, Valsas, choros e canções tem um formato musical rigoroso. Cantoras de técnica impecável e instrumentistas, Léla Simões junta seu violino e sua viola e Naila Gallotta seu piano ao violão de Gudin, que fazem a base instrumental e os vocais do disco todo.



Em Movimento, Vanessa Moreno
Independente

Após lançar dois discos em duo ao lado do músico Fi Maróstica na formação de baixo e voz, e de participar de diversos trabalhos com ícones da música brasileira, Vanessa Moreno lança seu primeiro disco solo, intitulado "Em Movimento", onde nos presenteia com uma produção musical impecável, aliando o apuro estético à sensibilidade que a voz e as composições da artista representam. "Em Movimento" percorre a intimidade de sentimentos e a trajetória musical da artista, representando principalmente um movimento de dentro para fora e os aprendizados contidos na inconstância das situações.

Paralelas, Ordinarius
Independente

O Ordinarius visita a História da Música Popular Brasileira, do início do século XX até os dias de hoje, jogando luz sobre importantes compositoras ao longo deste tempo. Chiquinha Gonzaga, Dolores Duran, Rita Lee, Joyce e Teresa Cristina são algumas das compositoras abarcadas na seleção, que prima pelo ecletismo, sem perder a identidade brasileira presente em todos os trabalhos do grupo.




Top 20 dos últimos 60 dias Veja mais

Em breve Veja mais

   
 
Rádio Tratore
Blog
29 de junho
Meu pedido de verificação em rede social foi recusado, por quê?
por David Dines O selo de verificação em uma rede social reforça a autoridade de artistas ou profissionais em seus (…) Leia mais
23 de junho
4 burocracias importantes para todo músico independente no Brasil
por David Dines A atividade profissional de músico demanda certos tipos de burocracia, tanto para recebimento de (…) Leia mais
15 de junho
3 dicas básicas para impulsionamento de conteúdo musical nas redes
por David Dines Todas as principais redes sociais contam com formas orgânicas e pagas de entrega do seu conteúdo. No (…) Leia mais
Uma resenha
Renata Rosa, Zunido da mata Independente
Amanda Beraldo escreveu: Este CD já é mais conhecido na Europa do que no Brasil, pois ganhou o prêmio pela categoria "melhor disco de música do mundo" pelo "Le Monde" na França, em 2004. Só com esta informação já não era mais preciso dizer nada, mas vale ressaltar a beleza deste disco. Muito bem produzido por Eder "O" Rocha e Mazinho Lima, o "Zunido da Mata" também contou com músicos de primeiríssima qualidade para ser gravado, e sobre esta cama deita-se a bela voz de Renata. Pronto, está feito o melhor trabalho do ano.
Um produto
Karin Fernandes, O piano brasileiro no século 19 Independente
Para seu 14º álbum, a pianista Karin Fernandes gravou peças de importantes compositores e compositora do século 19, sendo que cinco dessas peças tiveram sua primeira gravação neste álbum. É o caso das duas peças da compositora Chiquinha Gonzaga e dos três Études pour virtuoses de Arthur Napoleão.